quinta-feira, 10 de março de 2011

A onda verde está na moda!


Esses dias eu estava fazendo minhas (constantes) pesquisas, e achei uma matéria muito interessante, e gostaria muito de dividir com vocês! 
Não é uma novidade que "A onda verde está na moda", mas muitas pessoas ainda não embarcaram nessa nova maneira de ver o mundo...
Eu sei que muita gente não gosta de ler textos grandes, ou muitas vezes finge que leu e pronto, mas vale a pena ler, é hora de mudarmos nossa postura para termos um mundo muito melhor!


"O comprometimento das grifes com o meio ambiente encheu de peças sustentáveis (e cheias de bossa!) as araras de diversas lojas do país. Materiais reaproveitados, como os tecidos feitos a partir de garrafas PET (Politereftalato de Etileno), são o novo suprassumo de uma moda ecologicamente correta.

Além de limpar a natureza, o processo de fabricação que transforma as garrafas PET em tecido não gera resíduos pois aproveita as cores naturais do plástico. Ou seja, não leva adição de química, água ou calor. Segundo a ABIPET (Associação Brasileira da Indústria do PET), com 20 embalagem de refrigerante de dois litros consegue-se um quilo de tecido. E mais: com cada PET de dois litros dá pra fazer uma camiseta e quatro dão para uma calça comprida (!). Assim, a combinação das fibras da garrafa com o algodão (orgânico) resultam numa linha de peças super em sintonia com a causa ambiental.
Para se ter uma ideia de toda a bacaneza da atitude verde, a indústria têxtil absorve 50% do total de garrafas PET produzidas no Brasil. Desenvolvido por químicos ingleses no final da Segunda Guerra Mundial, o fio do poliéster, geralmente associado ao algodão, confere algumas valiosas propriedades ao tecido. Por exemplo: estabilidade dimensional - que impede que ele encolha ou entorte, solidez na cor e resistência e durabilidade com mais qualidade durante muito tempo. "Essa mistura é sempre benéfica", resume o presidente da ABIPET, Auri Marçon.
Grifes eco

Pioneira da moda eco no país, a Osklen, grife do estilista Oskar Metsavaht é uma que há tempos entrou na era da sustentabilidade e passou a usar tecidos de garrafas recicladas em sua hypada linha de roupas e acessórios.

A Taoolee, marca carioca de acessórios, das estilistas Rita Simpsom e Vania Filippo, é outra que entrou na onda ecofriendly e dedica parte de suas coleções às peças verdes. "Se eu posso contribuir para melhorar nossa qualidade de vida com minhas bolsas e calçados e ainda agradar ao meu cliente, considero o resultado desse trabalho excelente, afinal, quantas transformações de comportamento vieram acompanhadas da moda", argumenta Rita. Da série eco & cool!

Em parceria com a Rede Asta, a designer Mana Bernardes criou pulseiras e braceletes a partir de pedaços de garrafa PET e sobras de tecidos. E mais: Hering, Brookfield, Mizuno e D´umo também aderiram à moda dos produtos a favor do planeta - para a nossa sorte!

Lona de caminhão

A grife Maria Buzina, da artista plástica Gabi Gonçalves, entrou na onda da moda sustentável com sua linha de bolsas feitas a partir de lonas de caminhão usadas. Neta de caminhoneiros, se inspirou na versatilidade do material para criar peças lindinhas toda vida - sobretudo, com o charme de ser um produto reciclado.

O material passa por um processo de lavagem para que depois as bolsas possam ser produzidas e pintadas à mão, uma a uma. "As marcas, remendos e manchas da lona de caminhão contam uma história e é por isso que prezamos pela lavagem à mão, para que toda a sujeira saia e fiquem apenas as marcas rústicas", explica Gabi.

Fim da prosa: A moda definitivamente caminha rumo à salvação do planeta!"
(Autor: eu salvei o texto e esqueci de pegar o link... mas vou providenciar)


Eae meninas (os), o que vocês pensam a respeito da "onda verde"? Eu sei que não é nenhuma novidade para nós esse tema, mas o tempo está passando e o que nós estamos fazendo?
Aqui em Florianópolis tem um lugar muito bacana o Novociclo, onde podemos trocar nosso lixo seletivo por pontos, pontos que se transformam em brindes sustentáveis... O Espaço Recicle, funciona no Parque Coqueiros, na parte continental da cidade!

Um ótimo restinho de semana para todas (os)!
Fernanda Pezzi

18 comentários:

  1. Parabens pelo dia internacional da mulher, e pelo seu desenvolvimento na area da moda.
    www.vivendoteologia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que tudo esse envolvimento da moda com o meio ambiente!
    Bjks, Tatty

    http://suspirofashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. nao sabia que a osklen usava tecidos de garrafas recicladas!
    mas o problema eh que normalmente produtos com materias reciclaveis sao bem mais caros! aí ninguem compra... tipo a osklen msm,o olho da cara! ninguem vai deixar de comprar na C&A e renner e ir para a osklen só por causa do material... eles tinham que colocar um preço ainda mais acessível em produtos feitos de material reciclado
    bjs

    sacheebombom.blog.com

    ResponderExcluir
  4. Nanda muito bom ler este post, o mundo ta precisando cada vez mais da nossa concientização!

    ResponderExcluir
  5. Acho que quando as grandes empresas que produzem tecidos se tocarem que vai ser mais barato e lucrativo para elas, as proprias vão aderir...

    Eu tou doida para comprar esses tecidos e produzir minhas peças com eles, mas não vendem assim facil... e nem barato...

    iloveleli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Acho que estamos caminhando para essa tão sonhada conscientização...

    Bjss e uma ótima quinta!

    http://toutlamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Devagarinho....chegamos lá, mas já é um grande passo das empresas!
    Fico muito feliz por esse comprometimento das grifes com o meio ambiente.

    :)

    Bjos e tenha uma bela quinta-feira!

    ResponderExcluir
  8. Eu acho muito boa a iniciativa!
    E seria bem legal se todos fizessem também...

    Beijos.
    www.consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    ResponderExcluir
  9. Nanda muito legal sua atitude, de nos informar, eu sou totalmente a favor da reciclagem! Ótimo post, n vejo isso nos outros blogs, vejo apenas o consumismo!

    ResponderExcluir
  10. Bela atitude presisamos nos salvar mesmo né .Linda desculpa minha ausência , Mas agora estou de volta viu,adoro vim aqui viu.Depois da uma passadinha por lá eu vou adorar sua visitinha .Vc
    /(,")\\
    ./_\\. Beijossssssssss
    _| |_................ simara
    http://plantaodabeleza.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo post, achei incrivel!!


    DA UMA PASSADINHA LA, TEM COISA NOVA: http://blogdatardee.blogspot.com/2011/03/aneis-da-tarde.html

    ResponderExcluir
  12. Acho ótimo, muita gente não se preocupa com o meio em que vivemos, só querem criticar e reclamar e não fazem nada pra mudar, nem mesmo a parte deles fazem, ai quando grandes empresas começam a dar o exemplo eles seguem cegamente, todos temos que fazer o possível pra tornar as coisas melhores, fazer a nossa parte faz toda a diferença!!!

    Amei o post consciente!!!!


    http://deysejoyceblog.blogspot.com/

    Bjins

    ResponderExcluir
  13. Nandinha, eu já tô nessa onda. Não jogo absolutamente nada reciclável fora, entrego para os catadores da minha cidade. Além de ajudá-los, meu lixo doméstico diminuiu muitíssimo, pois consigo reaproveitar quase td.
    Beijo
    Carol

    @carolgrtn
    http://coisinhascarolina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Eu super apoio essa onda verde,
    se cada um fizer a sua parte
    o mundo será bem melhor!

    Está rolando um sorteio lá no blog,
    se quiser participar é só passar lá!

    Beijos

    http://www.lupourbaix.com.br/
    @lucianapourbaix

    ResponderExcluir
  15. Aqui em SP bem que podia existir um espaço desses!
    As coisas aqui são bem complicadas e parece que povo custa a mudar os costumes. Sou super a favor, não pego sacolas no mercado, reciclo o óleo, lixo, faço saquinhos com jornal e o que mais der pra ir fazendo.
    Quem sabe um dia o mundo aprende né?!
    Beijos, Fá.
    www.dospescabeca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. É msm se cada um fizer sua parte, não só em comprar roupas com materiais reciclaveis mas separar o lixo, n pegar sacola no mercado... teremos um mundo melhor!

    Beijão amei a participação de vcs!

    ResponderExcluir
  17. Nanda,
    Gostaria de atualizar sua informação comunicando que desde 2009 estou desvinculada profissionalmente da marca TAOOLEE .Parabéns pelo blog, bom trabalho e boa sorte ! Vania Filippo

    ResponderExcluir