quarta-feira, 11 de março de 2015

Repensando meus valores...

Ph: Evandro Pezzi

Sempre que tenho tempo dou uma "piruada"(como diria uma amiga) pela internet. 
Olho sites, blogs... tudo relacionado a moda, afinal esta é minha área ;) Nada passa despercebido por mim. Leio tudo mesmo... observo, presto atenção, reflito, me inspiro, me decepciono em alguns casos, fico orgulhosa em outros, torço muito... me identifico com algumas meninas (não todas), tenho um milhão de sentimentos. Acredito que não sou a única ;)

Dia desses em uma dessas minhas "piruadas" pela rede, me deparei com uma moça linda, mas que ao ler o que tinha escrito me deixou totalmente sem saber se realmente acreditava no que ela havia escrito: "...acho feio repetir roupa..." Na mesma hora ri alto e senti vergonha por ela.

Desculpe se alguma de vocês pensam como ela. Mas eu acho isso um absurdo!
Primeiro porque o dinheiro da gente não dá em árvore. Pelo menos aqui em casa, vem com o suor do nosso trabalho. Nunca nasceu por aqui ;)
Segundo porque sou totalmente a favor do consumo consciente. Compro o que tenho certeza que vou usar. Uso tudo o que tenho muito, misturo peças novas com antigas até que fiquem bem velhinhas, customizo ;) Quem me acompanha aqui no blog vê isso em meus looks!
Terceiro porque mesmo que eu tivesse nascido em um berço de ouro, jamais acharia feio repetir roupa. Na minha singela opinião, pensar desse jeito é coisa de gente sem valores.

Estamos em pleno século XXI, e ainda tem gente que pensa que é bonito o consumo demasiadamente excessivo. 

Não sei se esta menina tem dinheiro, se sempre foi rica ou ficou rica da noite pro dia. Como falei lá em cima, foi em uma passadinha que li isso, não me interessei em saber da vida dela. 

Sabem, para mim é elegante repetir roupa e tudo o que você tem. É elegante valorizar seu rico dinheirinho... dar valor para tudo aquilo que você gosta e muitas vezes comprou com dificuldade. Deselegante é comprar, usar e jogar fora ou deixar acumulando espaço.

Tanta gente que não tem nada, mora nas ruas ou em barraquinhos sem saneamento básico, sem nem ter o que comer... dariam tudo para ter um pouquinho do que temos. Como dizia minha mãe: Somos ricos e não sabemos, não damos valor.

Não estou aqui para julgar ninguém. Somos todos livres! Podemos pensar e fazer o que bem entendemos. 
Estou aqui apanas para desabafar. Colocar para fora aquilo que está entalado na garganta. Não vou mudar o mundo, mas posso pelo menos mudar minha maneira de pensar ;) #MeJulguem


Nanda Pezzi

6 comentários:

  1. Oi Nanda... pois é a gente lê tanta coisa pela internet. Mas eu penso como você... Tem alguns blogs que estão mais focados em mostrar o que tem, a marca a quantidade só para se exibir mesmo mas a gente percebe quando o post é de verdade.

    Muito obrigada pela lembrança do meu aniversário Nanda. Fico muito feliz pelo carinho e a amizade. <3

    Beijos

    Aline
    http://comprasdemulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá queridoka,

    Falou bonito!
    Achei interessante a frase de Jacob Gorender no que pertine à ostentação do consumo. Bem verdade.
    Penso que a pessoa que disse que acha feio repetir roupa o disse apenas em nome da aparência, pois não acho crível que alguém possa viver sem repetir roupas ( a não ser milionárias excêntricas).
    Já fui consumista e confesso que ainda não me curei totalmente de tal pecadilho, mas estou me exercitando.
    Correta sua filosofia a respeito. Continue assim.
    AH! Adorei a foto.

    Beijossssssssssss.

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, eu tambem acho chato isso. É mesmo triste. Acomtece muito que pessoas complexadas queram que os outros achem de eles que sao otimos, que tudo o que teèm é o melhor que há. Isso tudo é falta de personalidade, e por tentar que os outros gostem mais de eles, consiguem o contrario...
    Eu, ainda que sempre tive muita roupa, sempre tenho alguma que gosto inmenso, e sou capaz de pôr quase tudos os días.
    Sempre tive, mas agora nao, quase tudo o meu eu di para as minhas amigas, sei que elas ficam muito feliz. E olhar pra suas caras é o melhor do mundo. (Mas agora sou eu quem precisa ter algo de roupa, kkkkk)


    Nao conheço Abrantes, mas Lisboa é taaaaao linda... Tens que visitar (e Espanha também, para a gente se conhecer) ;)
    A serio falaste pra eles de mim? És tao queridinha e fofa

    BESITOS DE CHOCOLATE

    ResponderExcluir
  4. Nandinha,
    Te apoio em tudo!! Essa semana também fiquei abismada com um comentário de uma mulher que dizia que a princesa Kate usou o mesmo vestido da primeira gravidez . Hahaha É graça, né?? È tão absurdo assim repetir roupa?? minha nossa, tem pessoas que não tem noção ou acham que a vida se resume numa muda de roupa. Pergunto-me aonde vamos parar agindo assim. Ostentação num mundo aonde ainda existem milhares de pessoas que passam fome.
    Muito bom tocar nesse assunto. Vc é uma linda.

    Bjos, Sheyla.

    ResponderExcluir
  5. Nanda, sempre admirei seu blog e suas postagens e hoje vc só confirmou isso!
    Normalmente o pessoal confunde quem gosta e se especializa em moda, com pessoas fúteis e consumistas e ai esse consumismo desenfreado criado pelo capitalismo sem limites permite que pessoas como esta menina forme a mente de jovens, o que é um perigo, porque eu e vc sabemos que o que ela falou é inviável na maioria das vezes, mas uma adolescente muitas vezes não!

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  6. Olha, do pouco que convivo/ convivi no mundo da moda as mulheres mais elegantes que já vi estão quase sempre de vestido preto e trench coat (vide Constanza Pascolato), a maioria da maiores editoras de moda correm tanto que mau tem tempo para se arrumar então quase sempre estão de calça preta e camisa (ou preta ou branca), no máximo com uma leather jacket ou um casaquinho mais estiloso por cima.... e retocam a make, e os acessórios. Vejam tb a princesa Kate, que já repetiu vaáá´rias vezes de roupa e é das mais estilosas! Gente, sorry mas essa cidadã esta viajando na maionese ! eheheheheheheh

    ResponderExcluir